domingo, 2 de março de 2014

TARTE PASTEL DE NATA...EM BUSCA DA PERFEIÇÃO



            Já testei inúmeras receitas de tarte pastel de nata, sempre em busca daquela perfeição do creme com que nos deparamos nos pastéis. Mas ainda não cheguei à tão desejada perfeição. Esta foi, talvez, aquela que mais se assemelhou, mas não é totalmente perfeita.
           Aceito sugestões, e é com agrado que as receberei.

           Ingredientes:

           1 base de massa folhada (eu uso a da marca pingo doce, porque, na minha opinião, é a que folha melhor e se apresenta mais estaladiça)
           500ml de leite
           250ml de água
           300gr de açúcar
           1 pau de canela
           1 casca de limão
           2 colheres de sopa de maizena
           6 gemas
           
           Bati as gemas com uma vara de arames, e de seguida, acrescentei o açúcar, batendo novamente. Dissolvi a maizena num pouco da água. Adicionei o leite, a água, o pau de canela, a casca do limão e a maizena dissolvida. Levei ao lume, mexendo sempre, para não ganhar grumos. Se, mesmo assim, os grumos teimarem em aparecer, basta passar a varinha mágica e fica um creme lisinho.
            Numa forma de fundo amovível coloquei a massa e piquei com um garfo. Por cima, deitei o creme que havia ido ao lume, de onde já tinha retirado o pau de canela e a casca do limão.
            Foi ao forno a 200ºC, até alourar por cima, tendo o cuidado de não deixar fervilhar.

            Muito boa, com uma consistência semelhante ao creme do pastel de nata, mas ainda não igual.
      
           

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

GRÃO COM BACALHAU COM UM TOQUE DE FORNO


      Como já referi variadas vezes o bacalhau cozido não é o meu forte. Como qualquer bom português gosto muito de bacalhau, mas, simplesmente, cozido não me fascina.
      Esta e uma forma diferente de apresentar o tradicional grão com bacalhau, prato tão português.

           Ingredientes:

     2 postas de bacalhau
     grão cozido q.b.
     2 ovos cozidos
     broa ralada e aromatizada (basta ralar a broa com um dente de alho e um molhinho de coentros ou outro ramos de cheiros a gosto)
     azeite q.b.

    Cozer o bacalhau e os ovos e deixar arrefecer. Desfiar o bacalhau limpando-o de pele e espinhas. Descarcar os ovos e parti-los em rodelas.
    Dispôr os ingredientes em camadas num pirex. Regar com bastante azeite e polvilhar, generosamente, com a broa ralada. Voltar a regar com azeite. Levar ao forno a alourar a crosta.

    Resulta num prato visualmente agradável com os aromas e sabores da cozinha portuguesa e enriquecido por uma crosta crocante.
    
     

domingo, 23 de fevereiro de 2014

FRANGO FRITO COM MOLHO BARBECUE



          O frango é uma refeição versátil, económica e que agrada a miúdos e graúdos. Quando compro frango para fritar, peço, no talho, que me cortem o frango em pedaços pequenos. Desta forma toma melhor do tempero e frita mais rapidamente.
          Desta vez experimentei um molho barbecue, bem picante e meio agridoce. Agradou aos graúdos.

          Ingredientes:

         frango cortado em pedaços pequenos
         limões
         sal
         louro

         Molho barbecue (receita a olhómetro)

         vinho branco
         alho em pó
         azeite
         mostarda
         kechup
         malaguetas
         molho de soja
         1 colherzinha de café de mel
         vinagre balsâmico

       
         Temperei o frango com sal, louro e sumo de limão. Deixei marinar do almoço para o jantar.
         Fritei em óleo quente, tendo o cuidado de deixar passar bem.
         Para o molho: levei o alho com o azeite ao lume a aquecer. Acrescentei as malaguetas. Depois fui adicionando os restantes ingredientes, a olho, porque quando me dá para invenções é tudo a olho. Levei ao lume a ferver de modo a evaporar o álcool do vinho. Deixei apurar e servi com o frango.
         Desculpem a falta de quantidades, mas é mesmo uma invenção de hora.
    
       

          

domingo, 16 de fevereiro de 2014

ROLINHOS DE PERÚ RECHEADOS DE QUEIJO E PRESUNTO


         Muitas vezes ouvimos dizer "o difícil não é fazê-lo, mas sim decidir o que fazer". Diversas vezes dou por mim a dar razão a quem profere tais palavras. Pensar o que fazer, de modo a que agrade a todos, e que, acima de tudo seja rápido, porque a hora de chegar a casa é tardia.
         Estes rolinhos resultaram de um dia de dilema, e ficaram tenros com um molho delicioso.

         Ingredientes:

         Bifes de perú fininhos
         fatias de presunto
         fatias de queijo
         vinha de alho e massa de pimentão q.b.
         sal
         pimenta
         vinho branco
         1 colher de sopa de mostarda
         1 colher de sopa de ketchup
         sementes de mostarda
         sumo de 1 limão
         cogumelos frescos

         Temperei os bifes de perú com sal, limão e pimenta. Deixei marinar.
          Depois de marinar, cerca de 1 hora, sobre cada bife coloquei uma fatia de presunto e uma fatia de queijo. Enrolei os bifinhos e prendi com palitos. Podem usar fio de cozinha, mas como não tinha usei os palitos.
          Numa frigideira deitei um pouco de azeite. Alourei os bifinhos de todos os lados. Enquanto isso dilui a mostarda, o ketchup, a vinha de alho e a massa de pimentão no vinho branco. Por fim, acrescentei a mistura do vinho e os cogumelos aos bifes. Deixei apurar bem em lume brando.
         Servi com fetuccini.
         Este molho fica com um paladar agridoce e um toque aveludado. Daqueles molhos que convidam o pão a dançar. 
       

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

ROLO DE CARNE COM CROSTA DE QUEIJO...

           
            Com o tempo que se tem feito sentir apetece mesmo é comida de forno. A comida aquece a alma e o forno aquece a cozinha.
           Cá por estas bandas o rolo de carne é bastante apreciado. Pode ser recheado, simples, com enchido, etc...mas faz sempre sucesso.
           Desta vez foi improvisado e saiu uma refeição saborosa e quentinha.

           Ingredientes:

           800gr de carne picada (uso sempre metade de porco e metade de vaca)
           alhos picados
           cebola picada
           1 ovo
           salsa picadinha
           pão ralado q.b.
           2 ou 3 fatias de bacon picadas
           oregãos

          Juntar à carne o bacon picado, temperar de sal, oregãos, alho e cebola picados.
          Acrescentar o ovo batido e o pão ralado suficiente para formar uma bola.
          Deixar repousar um pouco, de modo a que a carne possa adquirir os temperos.
          Por fim, formar um rolo, em cima de uma folha de papel de alumínio, regar com um fio de azeite. Fechar bem as extremidades do papel de alumínio e levar ao forno por cerca de 30 a 40 minutos.
          Verificar se está cozido. Abrir o papel de alumínio, colocar umas fatias de queijo por cima e levar a gratinar. 
          
          



      "Um pedaço de pão comido em paz é melhor que um banquete comido com ansiedade"

        by Esopo